As Glândulas Endócrinas e Seus Hormônios




Livro: COHEN, B.J & WOOD, D.L. O Corpo Humano na
Saúde e na Doença. Editora Manole. 2002.



GLÂNDULA
HORMÔNIO

FUNÇÕES PRINCIPAIS

Adenohipófise
HC (hormônio de crescimento - GH)

HET (hormônio estimulante da tireóide - TSH)

ACTH (hormônio adrenocorticotrópico)



PRL (prolactina)


FSH (hormônio folículo- estimulante)




LH (hormônio luteinizante)
HECI(hormônio estimulante das células intersticiais - ICSH) nos homens
Promove o crescimento de todos os tecidos do corpo

Estimula a glândula tireóide para produzir hormônios tireóideos

Estimula o córtex da supra-renal para produzir hormônios corticais; auxilia na proteção do corpo em situações de estresse (ferimento, dor)

Estimula a secreção de leite pelas glândulas mamárias

Estimula o crescimento e a atividadehormonal dos foliculos ovários;estimula o crescimento dos testículos; promove o desenvolvimento das células espermáticas

Causa odesenvolvimento do corpo lúteo no local do folículo ovárico rompido na mulher; estimula a secreção da testosterona no homem

Neurohipófise

HAD (hormônio antidiurético; vasopressina - ADH)



Oxitocina
Promove a reabsorção de água nos túbulos renais; estimula o tecido muscular liso dos vasos sangüíneos para constringir

Causa contração do músculo uterino; causa ejeção de leite das glândulas mamárias

Tireóide

Tiroxina (T4) e triiodotironina (T3)


Calcitonina
Aumenta a taxa metabólica, influencia ambas as atividades mental e física; requerido para o crescimento normal

Diminui o nível de cálcio no sangue

Paratireóide

Hormônio paratireóideo
Regula a troca de cálcio entre sangue e ossos; aumenta o nível de cálcio no sangue

Medula da supra-renal

Epinefrina e norepinefrina
Aumenta a pressão sangüínea e o ritmo do coração; ativa células influenciadas pela parte simpática do sistema nervoso e muitas não afetadas pelos nervos simpáticos

Córtex da supra-renal

Hidrocortisona (95%de glicocorticóides)


Aldosterona (95% de mineralocorticóides)

Hormônios sexuais
Auxilia no metabolismo de carboidratos, proteínas e gorduras; ativa durante o estresse

Auxilia na regulação dos eletrólitos e equilíbrio hídrico

Pode influenciar as características sexuais secundánas

Ilhotas pancreáticas

Insúlina





Glucagon
Auxilia no transporte de glicose para as células; requerido para o metabolismo celular de alimentos, especialmente glicose; diminui os níveis sanguíneos de açúcar

Estimula o fígado para liberar glicose e, por esse meio, aumenta os níveis de açúcar no sangue

Testículos

Testosterona
Estimula o crescimento e desenvolvimento dos órgãos sexuais (testículos, pênis) além do desenvolvimento de características
sexuais secundárias, tais como crescimento de pêlos no corpo e face e mudança do tom de voz; estimula a maturação de células espermáticas

Ovários

Estrogênios (p. ex., estradiol)






Progesterona
Estimula o crescimento dos órgãos sexuais primários (útero, tubas) e desenvolvimento dos órgáos sexuais secundários, tais como mamas, além de mudanças na pelve para a forma
ovóide, mais larga

Estimula o desenvolvimento das partes secretoras das glândulas mamárias; prepara o revestimento uterino para a implantação do ovo fertilizado; auxilia na manutenção da gravidez

Timo

Timosina
Promove o crescimento de células T ativas na imunidade

Pineal

Melatonina
Regula a disposição mental, o desenvolvimento sexual, e os ciclos diários em resposta à quantidade de luz no ambiente

 


Doenças Associadas a Disfunções Endócrinas


Hormônio
Hipersecreção
Hipossecreção
Hormônio do crescimento

Hormônio anti-diurético
Gigantismo (crianças), acromegalia (adultos)

Síndrome de secreção inapropriada de hormônio anti-diurético

Nanismo (crianças)


Diabetes insipidus
Aldosterona

Hidrocortisona

Hormônio tireóide

Aldosteronismo

Síndrome de Cushing

Doença de Graves, tireotoxidose
Doença de Addison

Doença de Addison

Cretinismo (crianças), mixedema (adutos)

Insulina

Hormônio paratireóide
Hipoglicemia

Degeneração óssea
Diabetes mellitus

Tetania (espasmo muscular)