Súmula Biográfica “ Dr. João Nicolau ”  

 

Dr. João Nicolau

 

Nascido na cidade de Mococa, no estado de São Paulo, em  1° de janeiro de 1925, mas só registrado no dia 10 de janeiro devido às dificuldades da época. Filho de Nicolau João e Flora Elias, imigrantes libaneses, transferiu-se ainda criança, com a família (pais e cinco irmãos: Sophia, Fuad, Judithe, Jud, Janete e Jed ), para a Capital do Estado, onde concluiu o 1º ciclo de estudos, inicialmente no Colégio Sírio-Libanês e posteriormente no Colégio Bandeirantes, destacando-se desde cedo como um dos primeiros alunos da turma, o que lhe possibilitou o ingresso em diversas faculdades de medicina.

Formou-se em 1949, na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.  

Exerceu inicialmente a profissão nas cidades do interior como clínico geral e cirurgião até ser chamado, por um antigo professor da Universidade de São Paulo, para transferir-se para a cidade de Ribeirão Preto, ao norte do estado, para auxiliá-lo na organização da Universidade de São Paulo, naquela cidade.   Ainda em Ribeirão Preto, interessou-se em prestar assistência às pessoas portadoras de Transtornos Mentais. Especializou-se, dedicando-se por cinco anos consecutivos ao estudo e ao trabalho na área, sendo homenageado pelos pacientes do Hospital Psiquiátrico do Estado  – Santa Tereza, que dedicaram o seu nome a uma de suas ruas internas. Participou também, de diversas atividades na área de Saúde Mental no Estado de São Paulo, junto ao antigo Programa de Assistência aos Psicopatas.  

Transferiu-se para Londrina em 1957, cidade que conheceu anos antes, nas viagens que pelo interior do Paraná, atraído pelo povo e pela história dos pioneiros, pela terra vermelha, que apesar  de jovem e próspera era carente de assistência médica.  Conheceu e fez diversos amigos entre eles o médico Heber Soares Vargas, vindo de Manhuaçu – MG., com quem fundou o Hospital Shangri-lá, já com avançadas técnicas no tratamento dos Transtornos Mentais. Modernas ainda hoje, como a Terapia Ocupacional, Técnicas Psicodramáticas –  do teatro e do psicodrama criados por Moreno, aplicadas no tratamento do sofrimento psíquico, além do uso de psicofármacos, hidroterapia, ginoterapia e musicoterapia. Recebiam visitas de profissionais da Universidade Federal do Paraná, da Universidade de São Paulo e de outras cidades do Brasil para conhecerem o Serviço criado em nossa cidade. 

.

Dr. João Nicolau e Dr. Heber Soares Vargas

 

Implantou o primeiro Serviço de Eletrencefalografia do Norte do Paraná, com a importação do primeiro eletrencefalógrafo, da marca OFFENER, dos Estados Unidos da América do Norte, com a ajuda do Dr. Jonas Farias de Castro. 

Foi amigo e contemporâneo de outros colegas médicos da Associação Médica de Londrina, entre eles Dr. Moacyr Camargo Martins, Dr. Otávio Genta, Dr. João Dias Ayres, Dr. João da Silva Góis, Dr. Saul Broffman, Dr. Dalton Paranaguá, Dr. João Henrique Steffens, Dr. Alves Pereira, entre outros.

Durante os anos em que clinicou fez inúmeros amigos e clientes, entre eles centenas de pessoas carentes como constam nos antigos registros médicos, o que lhe valeu o convite da Secretaria do Estado da Saúde para estruturar e atender nas suas instalações o 1º Ambulatório de Saúde Mental do Norte do Paraná, que serviu graciosamente o Município e Região até o seu falecimento em 17 de setembro de 1968.  Deixou a esposa Irma e filhos, entre eles o médico Paulo Nicolau, psiquiatra, que há 25 anos dá continuidade ao trabalho iniciado pelo seu pai em nossa cidade.