Especificadores de Curso Longitudinal
(Com e Sem Recuperação Completa Entre os Episódios)

        Os especificadores Com Recuperação Completa Entre os Episódios e Sem Recuperação Completa Entre os Episódios são oferecidos para ajudar a caracterizar o curso da doença em indivíduos com Transtorno Depressivo Maior Recorrente, Transtorno Bipolar I, Transtorno Bipolar II. Esses especificadores devem ser aplicados ao período de tempo entre os dois episódios mais recentes. A caracterização do curso é aprimorada ainda mais se anotando a presença de Transtorno Distímico antecedente.

        Os quatro gráficos a seguir descrevem cursos prototípicos. O gráfico A exibe o curso de um Transtorno Depressivo Maior, Recorrente, no qual não existe Transtorno Distímico antecedente e existe um período de remissão completa entre os episódios. Este padrão de curso prediz o melhor prognóstico futuro. O gráfico B mostra o curso de um Transtorno Depressivo Maior, Recorrente, no qual não existe Transtorno Distímico antecedente, mas no qual os sintomas proeminentes persistem entre os dois episódios mais recentes, isto é, atinge-se não mais do que uma remissão parcial. O gráfico C mostra um raro padrão (presente em menos de 3% dos indivíduos com Transtornos Depressivo Maior) de Transtornos Depressivo Maior, Recorrente, com Transtornos Distímico antecedente, mas com recuperação completa entre os dois episódios mais recentes. O gráfico D mostra o curso de um Transtorno Depressivo Maior, Recorrente, no qual existe um Transtorno Distímico antecedente e no qual não há um período de remissão completa entre os dois episódios mais recentes. Este padrão, geralmente denominado “dupla depressão”, é visto em cerca de 20 a 25% dos indivíduos com Transtorno Depressivo Maior.

A. Recorrente, com recuperação completa entre os episódios sem Transtorno Distímico.

B. Recorrente, sem recuperação completa entre os episódios sem Transtorno Distímico.

C. Recorrente, com recuperação completa entre os episódios, superposto a Transtorno Distímico (também código 300.4).

D. Recorrente, sem recuperação completa entre os episódios, superposto a Transtorno Distímico (também código 300.4).

 

        Em geral, os indivíduos com um histórico Sem Recuperação Completa Entre os Episódios têm uma persistência deste padrão entre episódios subseqüentes. Eles também parecem mais propensos a ter um maior número de Episódios Depressivos Maiores do que aqueles com recuperação completa entre os episódios. A presença de um Transtorno Distímico antes do primeiro episódio de Transtorno Depressivo Maior está associada, mais provavelmente, com a falta de recuperação completa entre os episódios subseqüentes. Estes especificadores também podem ser aplicados ao período de tempo entre os episódios mais recentes de humor no Transtorno Bipolar I ou Transtorno Bipolar II, para indicar presença ou ausência de sintomatologia de humor.

Critérios para Especificadores do Curso Longitudinal

Especificar-se (pode ser aplicado a Transtorno Depressivo Maior Recorrente ou Transtorno Bipolar I ou II)
     Com Recuperação Completa Entre os Episódios: se a remissão completa é alcançada entre os dois Episódios de Humor mais recentes.
     Sem Recuperação Completa Entre os Episódios: se a remissão completa não é alcançada entre os dois Episódios de Humor mais recentes.